segunda-feira, 5 de agosto de 2013

em casa, no intervalo das férias

não sei descrever a tranquilidade e alegria que senti ao entrar hoje em casa. caramba, se calhar o que precisava era estar aqui estas horas. e depois ir embora outra vez. esta luz só existe nesta janela. não me venham com tretas. é indescritível.


Sem comentários:

Enviar um comentário